DATAGRO: Comercialização de soja na safra 2019/20 do Brasil avança para 87,5% e supera recorde

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A comercialização da safra 2019/20 de soja no Brasil atingiu 87,5% da produção esperada até 5 de junho, avanço de quase sete pontos percentuais ante o último relatório, com 106,80 milhões de toneladas, muito acima do recorde de 2016 de 76,8%, com produtores aproveitando bons negócios. A média dos últimos cinco anos é de 69,5% e em 2019 os negócios atingiam de 69,7% da produção, segundo a Consultoria DATAGRO. A comercialização de 2020/21 da oleaginosa também teve salto expressivo e chegou a 33,1%, mais de 20 pontos percentuais acima da média dos últimos anos.

“A forte melhora das cotações, gerada especialmente por nova elevação da taxa de câmbio, combinada com prêmios de exportação firmes, fez com que os produtores mantivessem o interesse de venda. Aproveitando a manutenção igualmente firme de interesse de compra, especialmente destinado à exportação”, explica Flávio Roberto de França Junior, coordenador da DATAGRO Grãos.

Os negócios com a soja na safra 2020/21 também avançaram forte durante o mês de maio e atingiram recorde de 33,1% da produção esperada na temporada ante 28,2% do mês anterior e 14,5% no mesmo período de 2019/20. Muito acima da média dos últimos cinco anos de 9,6% da produção e do recorde anterior de 2016, com 14,7%. Considerando o exercício estatístico com projeção de produção da safra nova pela DATAGRO em 128,90 milhões de t, o volume comercializado da safra pelos produtores brasileiros até o momento é de 42,64 milhões de t.

Fonte: Datagro / Notícias Agrícolas